UMA (NOVA!) VIDA EM NOVE MESES

“Foi como num piscar de olhos. Ao mesmo tempo parece uma eternidade.”

Estudos indicam (?) que 11 entre cada 10 nouveaux arrivants analisam dessa forma seus primeiros meses de suas novas vidas. Fazemos parte dessa estatística. Dia desses rompemos a barreira dos 9 meses. Nasceu o bebê! E o que dizer desse período?

Tive muito menos tempo de postar as nossas impressões iniciais aqui do que eu realmente gostaria. Isso por si só já indica o nível da agitação que a nossa vida experimentou até agora. Tudo conforme o esperado, mas sentir na pele é diferente e um pouco mais
desesperador. Nesses 9 meses posso dizer que avançamos muito em todos os sentidos. Temos todos os nossos documentos canadenses. Nossas crianças vão à garderie e à classe d’accueil e também já avançaram demais na questão do idioma e da sociabilidade. Estudamos francês e hoje nos comunicamos num grau que nos deixa orgulhosos. Agora essa linha de evolução cresce num ritmo um pouco mais lento. Se tivessemos mais oportunidade de contato com os nativos, fora do meio de trabalho, talvez nosso francês
estivesse melhor. Inglês? Quase não usamos, então ele enfraqueceu um pouco. Demora pra pegar no tranco.

Mudamos, mobiliamos uma casa inteira. Sozinhos. DIY. Aqui é assim mesmo. Vida sem empregada, sem vale-refeição. Sem medo de sair na rua, sem preços abusivos por serviços precários. Procuramos emprego, encontramos trabalho, ralamos. A gente conhece a cidade e vai ficando com a cara dela. Um pouco montréalais, comedor de poutine. Frequentador de piscina pública, ostentador de pôr-do-sol. Muita coisa talvez já tenha até caído na mesmice que nem notamos mais. Ainda não tivemos nenhum grande problema em relação ao
sistema de saúde, nosso maior temor antes de chegarmos, e espero que assim continue. Fizemos amigos, pessoas com as quais nos identificamos muito. Laços que tendem a se fortalecer com o tempo. Passamos pelas 4 estações do ano, e pela primeira vez em mais de 30 anos de existência podemos dizer o que são primavera, verão, outono e inverno de verdade.

A diversidade cultural às vezes ainda choca. Burkas, hidjabs, kipás. Sri Lanka, Filipinas, Colômbia. Soupe tonkinoise, pita, St-Hubert. Tudo no mesmo espaço, por todos os lados. Mas eu adoro observar toda essa multiplicidade. Abaixo a Charte de la Honte! Lojas, restaurantes, lugares para visitar. Ainda conhecemos pouco. Mas teremos tempo pra isso agora. A vida começa a mostrar sua rotina e tudo se encaixa. Uma nova vida de fato. Vejo como já estamos habituados às coisas boas daqui e como conhecemos aquilo que devemos evitar. Bancos, serviços públicos, ajudas sociais. Télé, festivais, sol até quase 21h no verão. Autoroutes, cul de sac, STM. Agora temos um carro mas o transport en commum, mesmo com seus defeitos, é muito melhor do que já vi por aí. Pensei que eu pudesse fazer 1 ano só no coletivo, mas outros fatores falaram mais alto. Planos que realizamos, promessas que temos que quebrar. Uma nova vida de fato.

Nosso bébé québécois vai crescendo. Conhecendo o mundo. Convivendo com coisas inesperadas mas não surpreendentes como itinérants de origem autochtone e o preconceito caché. Seremos sempre peixes fora d’água? Não sei. Mas tenho certeza que depende só das nossas escolhas. Foram 9 meses intensos mas que valeram a pena. Saudade do BR, não. Da da família e dos amigos, sim.

Planos? Muitos. Au fur et à mesure a gente chega lá. Planejando, batalhando e conquistando. Como tem sido. E a impressão de que ainda muita coisa vai acontecer. Estamos prontos!

Anúncios
Esse post foi publicado em balanço, cotidiano, histórico, integração, nouveux arrivants. Bookmark o link permanente.

3 respostas para UMA (NOVA!) VIDA EM NOVE MESES

  1. gabi disse:

    post otimista, lindo! que venham muitos aniversarios!

  2. Lindo post, Thiago! Acho que eu poderia escrever o mesmo, pois é exatamente isso que tenho sentido (com uns meses a menos no calendário, claro!)

  3. Julia disse:

    Muito legal, Thiago! Resume muito bem essa montanha-russa chamada imigração… 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s