PRÓXIMA PARADA: CDN-NDG

Algumas semanas após a nossa chegada resolvemos que seria útil alugar um carro por 2 dias para conhecermos melhor a ville. Objetivo: tentar descobrir onde moraríamos à partir de 1° de Julho. Fazia frio de congelar pernilongo em pleno vôo. A gente até tentou bater perna pra explorar melhor a vizinhança, ver o que tinha e o que faltava e, claro, dar uma olhada em imóveis. Mas ou a gente faria a coisa como devia ser feita ou não faríamos nada. Isso porque ocorreu o óbvio: explorar um bairro à pé é tarefa pra um dia inteiro, o que significava, naquelas condições, uma jornada de frio intenso. E explorar 5 bairros, que era o
nosso objetivo, só fazia multiplicar nossa árdua tarefa. Acreditem, com o frio que fazia naqueles dias nem com roupa adequada a gente tem vontade de ficar por muito tempo exposto. Et voilà, alugamos um carro por 2 dias.

Desde o BR a gente já tinha meio que pré-selecionado 5 arrondissements como possíveis futuros “lar doce lar”. Uma escolha baseada em muitas pesquisas e diversos fatores. Parte deles são opções pessoais, coisa que cada indivíduo e/ou família toma por conta de seus interesses particulares, outros são mais amplos, e acredito que a maior parte dos nouveaux arrivants também os utiliza como parâmetros: margem de preço, serviço de transporte público, boas garderies, escolas, etc. Com isso estávamos decididos que esses seriam os nossos destinos: Rosemont-La Petite-Patrie, Mercier-Hochelaga-Maisonneuve,
Côte-des-Neiges-Notre-Dame-de-Grâce, Westmount (que na prática nem é Montréal) e o próprio Centre-Ville onde já estamos instalados e adoramos. Não consideramos sair para outra cidade fora da ilha mesmo sabendo que geralmente elas têm preços mais acessíveis por questões pessoais.

E lá fomos nós, felizes e contentes, e sem nevasca pra atrapalhar o motorista. Traçamos nossos limites norte, sul, leste e oeste para cada um desses enormes arrondissements dentro do que nos interessava, e fomos conferir. Percorremos as ruas, observamos os tipos de imóveis disponíveis, mercados e comércio em geral, parques, distância das estações de metrô, escolas, etc. Alguns lugares descartamos logo de cara. Por outros nos apaixonamos.

Não quero ser leviano e dizer qual foi o quê em cada um desses bairros. Acho isso algo pessoal demais e penso que cada um precisa decidir sozinho. Não tenho o direito de criar falsas expectativas ou de deixar no ar que tal lugar não é bom só porque pra gente ele não é bom. O que posso dizer é que tudo do que vimos aqui tem seu encanto, basta estar de acordo com o que a gente traça como meta. Se posso dar uma ajuda é recomendar a visita do Habiter Montréal, um site da prefeitura que oferece tudo o que a gente precisa saber sobre todos os arrondissements da cidade. É um prato cheio de boas informações e o pontapé inicial!

Enfim, foram 2 dias muito proveitosos. Pudemos desmistificar bastante essa questão, voltar na internet e pesquisar mais, mais e mais. Depois arregaçamos as mangas e fomos pro confronto. Hora de achar o imóvel ideal (ou quase). Reviramos sites de anúncios, jornais e contamos com a ajuda dos amigos também. Olhamos as placas nas fachadas e gastamos o dedo no telefone. Visitamos mais de uma dezena de imóveis. Veredicto: não foi tão fácil quanto eu pensava e nem tão difícil assim achar um 4 1/2 pra gente. Passamos quase um mês vivendo só pra isso. Tivemos que fazer alguns ajustes nos nossos requisitos de busca por conta do nosso budget. Achar algo bem perto do metrô, como queríamos, sairia bem mais caro do que podemos pagar agora. E mesmo assim para apês minúsculos e muitas vezes caindo aos pedaços. E como a gente encontra tranqueira por aqui! Com isso abrimos mais o nosso leque e logo algumas opções se tornaram possíveis. Mas a maior decepção que vivemos foi achar bons apês e ser recusado pelo proprietário por não estarmos trabalhando ainda. Sofremos com isso 2 vezes. A gente desanima e acha que não vai dar certo. Mas Deus vem mostrar que tudo tem seu tempo. E depois de muito trabalho hoje temos a tranquilidade de saber que em breve estaremos de mudança para CDN-NDG.

Logo teremos pela frente nossa primeira fête du déménagement. Até lá muita coisa pra fazer, muita coisa pra comprar e organizar mas estamos muito felizes com esse 4 1/2 grande e renovado com chauffage, eau chaude, frigo et poêle inclusos em Côte-des-Neiges bem pertinho de Outremont. Com o Parc de Kent como quintal, ônibus à cada 10 minutos na nossa porta direto pro metrô e muitas facilidades à poucos quarteirões de distância.

Tá aí nosso canto parfait para os próximos 12 meses no mínimo:

Anúncios
Esse post foi publicado em cdn-ndg, dicas, logement, nouveux arrivants. Bookmark o link permanente.

10 respostas para PRÓXIMA PARADA: CDN-NDG

  1. Les Lapins disse:

    Que maravilha! Puxa, lendo sobre esse “detalhe“ das recusas dos donos dos imoveis, foi meio que um revival para mim, também passamos por isso e sei como a gente engole seco e quao triste a gente fica, mas o que nao mata nos fortalece, nao é? No fim, da certo e a gente comemora com mais sabor de felicidade! 🙂
    Esse bairro é realmente muito legal, por coincidëncia passamos o dia com um querido amigo que é vizinho de vocês (ou melhor, sera a partir de 1 de julho quando voces se mudarem) e estávamos falando exatamente dessa conveniência dos bairros residenciais, como é importante para a gente ter sossego para criar os filhos e ao mesmo tempo ter tudo perto, e como no fim a gente consegue encontrar isso, ao menos na regiao de Mtl, nao sabemos em outros lugares do QC e Canada.
    Feliz por vocës, ter um lugar para chamar de « foyer » faz toda a diferença!

    Parabéns e felicidades!
    Erika

    • thiagoocampo disse:

      Obrigado! Thanx! Merci! Por tantas msgs carinhosas e de apoio. Adoramos receber essa energia de vcs. Estamos certos de q Deus guarda o melhor pra gente em CDN e queremos um dia receber tds vcs no nosso cantinho pra boas risadas e uma comidinha especial. Que ts tbm encontrem em seu tempo o caminho q procuram. Abraço e bjo em tds!

  2. luciana disse:

    Olá Thiago, que boa notícia hein!
    Uma pergunta: é difícil alugar um carro para um turista brasileiro aí em montreal?vc indica alguma locadora?
    Pergunto porque vou aí agora em junho e quero aproveitar para fazer uma pesquisa das cidades da região de montreal e dos bairros tb para já ter uma idéia de onde vamos morar.
    Bom saber que vcs atravessaram bem o frio aí tb.
    Abraço!

    • thiagoocampo disse:

      Luciana, não tivemos nenhuma dificuldade pra alugar carro. Qualquer pessoa habilitada pode alugar mesmo não sendo daqui. O preço não varia mto tbm mas sempre há promoções especiais. É bom pesquisar. Aproveitem o tempo aqui para queimar essas etapas. Vai sdr mto útil! Abraço.

  3. Êêêêê! Que legal! Deve dar uma sensação de paz muito grande finalmente arranjar um cantinho para chamar de seu, né? Tomara que vocês curtam bastante e que a vizinhança seja boa! =D
    Abraços,
    Lidia.

  4. gabi disse:

    é a maior delicia quando a gente encontra um lugar para chamar de *nosso*!!!

    eu morei eu Rosemont, pertinho do metrô Beaubien, adorava o bairro. Petite-Patrie tb é muito fofo, so de estar perto do mercado e dos cafés ja é um ponto positivo. E trabalhei em CDN, no CLSC 🙂 Tem hospital de monte no bairro, é perto da UdeM e tem um bom serviço de metrô, além de bons restos e cafés …. . Nao conheço muito o lado NDG e nao moraria em Westmount (1 pelo $$, 2 pela caracteristica do local, nao bate o santo, sabe?). Minha sogra mora em Outremont, adoro os ares europeus daquele pedacinho (me encantei pelo Parc Outremont quando visitei Mtl pela primeira vez, é algo indescritivel a tranqulidade, a paz e a qualidade de vida oferecida!)….

    Ja morei em tanto local de Montréal (Avenue du Parc, perto do metrô Beaubien, perto do metrö Cadillac, na rua Sherbrooke, en IdS …onde mais gostei foi Verdun (IdS), pena que era meio fora de mao para ir até CDN e Parc-Ex …. IdS, especialmente no verao, é uma delicia com D maiusculo.

    Espero que encontre paz, qualidade de vida e vizinhos tranquilos (pois é um saco ter vizinhos barulhentos) em CDN-NDG

  5. Andre disse:

    Parabéns pela escolha, também estarei desembarcando em NDG no final de maio.
    Sucesso

  6. Carlos Henrique disse:

    Oi Thiago que coisa maravilhosa…Deus é muito bom mesmo!!!!
    Parabéns, vamos que vamos…
    Abraços
    Carlos Henrique

  7. Apoema disse:

    Parabéns!!!!Que boa notícia!!!Deus ajude que gostem bastante e sejam felizes:)
    Abraço!

  8. Camila disse:

    Parabéns por mais esta conquista. Que vcs sejam mto bem acolhidos no novo bairro e muito felizes no novo lar.
    Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s