NOSSOS CACHORROS: MISSÃO (IM)POSSÍVEL CONCLUÍDA

Pra quem não lembra, nós começamos a contar a história sobre a “imigração” dos nossos 4 cachorros aqui. Naquela época já havia caído a ficha de que sair do BR com a turma toda não seria possível. Desde então buscamos novos lares para eles. E tínhamos em mente que, se não éramos capazes emocionalmente de escolher um dentre eles para ir com a gente, bem, então se alguém não encontrasse um novo lar por aqui, esse seria o “sortudo” no final das contas. Foram meses de procura, não tão intensa, já que o Federal estava travado, então não tínhamos também o interesse em ver nossos filhos indo embora tão cedo. Mas o tempo passou e St. Laurent fez a fila andar. Com isso entendemos que chegava a hora da despedida.

Nem repensamos o caso. Para nós estava muito claro: seria um egoísmo extremo de nossa parte querer levá-los à todo custo, fazê-los passar pelo stress da viagem para depois deixá-los dentro de um “apertamento” ou algo do tipo. Isso pra não falar da questão das regras para manter animais de estimação em Montréal que são bem rígidas. Há arrondissements que não permitem mais do que 2 pets por domicílio. Para evitarmos tudo isso, resolvemos sofrer por aqui mesmo e fomos atrás de novos lares. O que importava era eles estarem bem, mesmo que isso significasse a nossa separação.

Voilà, nossas crianças. Sentiremos saudades!

Voilà, nossas crianças. Sentiremos saudades!

Mas nenhuma das pessoas que imaginávamos que iriam abraçar a nossa causa e, ou ficar com um deles ou ajudar-nos na adoção, converteu essa nossa expectativa em realidade. Ficamos muito chateados sim. Mas fomos abençoados de outra maneira! Deus colocou em nosso caminho uma pessoa especial, que apareceu de repente e assumiu nossa dor, nossa angústia, nosso problema.

Em poucos dias Logan já estava com uma nova família. Pessoas maravilhosas, no interior de SP. Onde ele tem mais espaço para suas molecagens e aonde as pessoas se dedicam
integralmente para suas manhas. Logo o sr. Otto também já estava cagando em outro quintal. Aquele velhote. Pessoalmente essa foi a separação mais dolorosa pra mim, mas sinto-me aliviado sempre que recebo fotos dele e vejo como está se dando bem na nova casa. Depois foram as nossas meninas. Júlia e Dulce foram sortudas. Estão juntas em um sítio enorme, um hotel para cachorros no interior, onde elas podem ter contato com outros animais e experimentar novas sensações. Ficam soltas o dia todo e são bem cuidadas pela equipe do local. Elas ainda precisam de um lar definitivo e continuamos buscando pessoas tão especiais como os meninos encontraram. Inclusive, se o amigo leitor conhece alguém disposto a adotar nossas meninas, entre em contato.

Então é isso. Essa história não terminou como imaginávamos lá no começo, mas por outro lado estamos nos sentindo iluminados por termos encontrado almas maravilhosas como essas, as quais temos total confiança e sabemos que estão tratando nossos pequenos tão bem, ou melhor, do que nós mesmos. Ficaremos distantes sim, talvez eles sintam nossa falta, mas os pais sempre fazem sacrifícios pelo bem dos seus filhos, não é mesmo? Admiramos aqueles que partem para essa aventura canadense com mais de um animalzinho. Sei que seremos julgados por alguns por essa nossa atitude, mas estamos com nosso espírito tranquilo por saber que fizemos o melhor que poderíamos ter feito, pensando no bem estar deles e não no nosso. Eles estarão para sempre com a gente!

Anúncios
Esse post foi publicado em cães, histórico. Bookmark o link permanente.

7 respostas para NOSSOS CACHORROS: MISSÃO (IM)POSSÍVEL CONCLUÍDA

  1. Patinha disse:

    Fiquei com os olhos cheios de lagrimas agora,Deus sabe como gostaria de ter passado a vcs notícias diferentes das que passei,mas infelizmente a realidade aquí é essa. E lembro que não são alguns bairros que só aceitam até 2 cães,são todos! Sendo que um aceita 3. Isso não é fácil para aceitarmos,sei bem disso pois passei por situação semelhante pois tínhamos 3 cães e 2 gatos antes de virmos.
    Mas pensemos agora somente no lado bom,no espaço maior que eles ganharam,no carinho dos novos donos e que em breve os outros dois receberão um lindo lar!
    Deus vê tudo que fazemos por esses pequenos e dependentes seres.

    Beijos em vcs!

  2. Fiquei feliz em saber que a missão foi concluída.
    Esses bichinhos tomam uma importância tão grande em nossas vidas e vê-los bem e feliz é o que importa, seja onde for.
    Eles serão muito bem cuidados!
    abs

  3. Brazucoise disse:

    Ô, gente, se meu coração partiu aqui, imagino o de vocês…
    Não deixa de ser uma historinha triste, mesmo com um final feliz. O que importa é que eles estão bem, alimentados e não jogados na rua.
    A dedicação, a preocupação e o esmero de vocês servem de exemplo pra muitos desalmados.
    Tenho certeza de que Logan, Otto, Júlia e Dulce serão eternamente gratos a vocês!
    Vida que segue…
    Abraços!
    Nilian

  4. Helen Hartung disse:

    Thiago, imagino que não é nada fácil se separar desses “parentes”…tenho dois cachorros e levarei comigo pra Montreal, mas se tivesse 4, tb faria o mesmo que vcs. Fiquem tranquilos, eles estarão bem. Muita paz e felicidades nessa nova etapa!
    OBS: Sabe me dizer aonde eu posso me informar melhor sobre as regras pra manter animais de estimação em Montreal?
    Grande abraço pra vcs!

  5. Imagino como deve ser o sofrimento neste momento.

    Afinal, nossos bichos não são apenas animais; são companheiros que passaram grande parte de nossa vida conosco, nos momentos tristes e felizes sempre dando uma lambida ou uma mordiscadinha em busca de carinho.

    Bem, espero que dê tudo certo para eles também !

  6. Imaginamos como não deve ser fácil abrir mão dos bichinhos que cuidamos com tanto amor e nos apegamos. Vocês foram muito corajosos e nobres nessa atitude. Temos uma cachorrinha e pretendemos leva-lá conosco como bagagem de mão. Mas se tivéssemos 4 cachorros, optaríamos pela mesma solução que vocês. Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s