MINHA OPINIÃO SOBRE A FEL – BLOC 2

Finalmente, cheguei ao final do Bloc 2. E definitivamente, a FEL é algo que revelou-se mais arrastado mais do que eu podia imaginar. Levei longos 7 meses nesse último bloco. A Lizie já passou pro Bloc 4 mas também vai aos trancos e barrancos, coitada. As críticas são as mesmas já comentadas ao final do Bloc 1, sobre o curso em si e sobre a minha atitude em relação à ele. Infelizmente. E a justificativa é a de sempre: a rotina apertada nos impede de dedicar mais tempo ao estudo do francês. Ao mesmo tempo isso pesa demais na nossa consciência pois sabemos da importância que o idioma tem para a boa adaptação. Imaginem o conflito interno! De qualquer forma, estamos certos de que esse é o melhor que podemos fazer agora. Não desenvolvemos muito, mas mantemos contato com a língua. Eu leio e ouço muitas coisas em francês, temas do cotidiano em geral, e com isso ganho vocabulário, mas na hora de falar… O resultado: estamos cientes que vamos ter que mergulhar de cabeça no francês quando chegarmos em Montréal.

E se a gente não evolui o esperado no idioma, ao menos no conteúdo sócio-cultural apresentado em meio às atividades da FEL o progresso é grande. No Bloc 2 os temas abordados foram “Les services publics et la santé”, “Les médias et la culture“, “La consommation et les affaires” e “La vie démocratique au Québec“. E daí que nessa a gente tira muita informação e conhecimento importante pro futuro.

Agora, uma coisa que já vem soprando no meu pensamento faz algum tempo. Eu não vejo as pessoas que estão na mesma fase que a gente no processo comentando sobre a FEL. E me pergunto: será que só a gente acompanha (ou comenta) o curso? Porque? Talvez os brasileiros candidatos à imigração estejam estudando por outros meios, talvez não. E isso me deixou curioso. Então, qual é o enigma?

Anúncios
Esse post foi publicado em éducation, français-québecois, francisation, histórico. Bookmark o link permanente.

15 respostas para MINHA OPINIÃO SOBRE A FEL – BLOC 2

  1. Pingback: NOSSA SAGA PARA A FRANCISATION (COM FINAL FELIZ) | Penso, Logo Imigro

  2. Cilei Ribeiro disse:

    Olá,
    Embora tenha problemas técnicos de vez em quando, eu faço o FEL desde julho/11, assim que terminei um curso de francês, na sequência fiz a minha inscrição. Comecei com standard, porém estava muito puxado e também a exemplo da Neila, não gostei do professor, para mim ele era rude e até suava quando tinha que fazer aula de conversação com ele. Achei que faltou um pouco de paciência. Embora eu estudasse na hora do almoço, finais de semana e ainda 2 vezes à noite, ainda assim, não dava conta de tanto exercício, talvez não pelo volume, mas por saber pouco, demorava muito para concluí-los, de qualquer forma eu estava dando o meu máximo e era horrível ouvir do professor que eu não estava estudando, quando isto não era verdade. Daí, troquei de plataforma para autoformation e continuo estudando pelo menos 30 minutos três vezes por semana, no horário do almoço e à noite faço o FEL.
    Durante a semana, procuro fazer pelo menos 4 horas de FEL, quando não consigo cumprir a meta, é certo que no final de semana me trancarei no meu quarto e estudarei para compensar.
    Também escuto às vezes, a rádio Montrèal e a RCI.
    Embora estude, ainda considero o meu francês fraco e estou consciente que precisarei batalhar ainda mais para melhorá-lo, às vezes eu penso, como eu gostaria de ser igual aqueles que têm facilidade para aprender uma nova língua(rs).
    Dea, eu mudei de standard para autoformation e o retorno foi em 1 semana, talvez tenha sido mais fácil, porque demanda menos gerenciamento de um professor.
    Bem, para não perder a esperança nos meus estudos e com fé que um dia saberei tanto quanto alguns amigos que acompanho os blogs, já gravei esta frase no meu mouse pad ” Somos o que repetidamente fazemos, portanto, a excelência não é um feito, mais um hábito” Aristóteles.
    Bjs à todos e desculpe o longo post.

    • Dea disse:

      Oi Cilei! Parabéns pelo esforço a mentalidade deve ser essa mesmo. E obrigada pela resposta, acho que vc tem razão, passar de standard (que oferece mais atenção do professor) para o autoformation deve ser mais fácil.
      Aconselho quem tiver na dúvida entre os dois a entrar no standard e depois trocar se achar muito puxado ou se pegar um professor desestimulante como esse aí!
      Só pra constar, até hj eu não consegui fazer o caminho reverso, trocar de autoformation para standard, eles dizem que não tem vaga!
      Bjo a todos!

  3. Flavio disse:

    A gente começou o FEL animados, mas depois cansa. É difícil ter disciplina pra fazer sempre. Como a consciência pesava, a gente resolveu fazer um módulo do curso da Aliança. Confesso que esperava mais do curso e dos alunos, mas as pessoas tinham pouco interesse. Mesmo assim foi bom pra manter contato com a língua e o melhor de tudo foi receber o reembolso do governo em menos de 1 mês! Vale a pena fazer o curso na Aliança ou no SENAC. Continuem firmes escutando, lendo e tendo contato com o francês. Esse conhecimento vai ser valioso aqui em Montreal!

    (Valeu pela dica da vélo!)

    Abs,
    Flavio

  4. Fala, Thiago! Quando começamos a FEL, tentamos seguir com disciplina e chegamos a resumir uns tópicos no Québecômetro. Contudo, quando o processo federal foi paralisado e não chegavam novidades, passamos a enrolar bastante nos estudos também. Felizmente, hoje estamos animando novamente, porque, como você comentou, o conteúdo cultural é muito interessante, além de ser bom praticar a escuta do francês québécois. Bonne chance!

  5. Dea disse:

    Olá, também estou para escrever sobre o Fel, mas queria terminar um bloco primeiro. Quando fiz a entrevista, o Sr. Leblanc disse que o curso talvez fosse fraco pra mim (porque já estudei 6 meses em Montreal), mas fiz o teste no site mesmo assim. Acabou que caí no bloco 3 e não acho nada fraco não. Tem um monte de vocabulário que não conhecia e vários exercícios que levam um tempinho pra fazer. O que me desanimou é que me inscrevi no modo autoformation e não consigo mudar para o standard (pra quem não entrou, isso quer dizer que faço os exercícios sozinha, sem troca entre alunos e sem orientação do professor). Eu não queria isso, escolhi rápido, sem saber, achando que dava pra mudar depois. E até agora não tive nenhuma resposta sobre como fazer isso. Recebi, por outro lado, vários e-mails dizendo que infelizmente ainda não tinham um lugar pra mim no curso e que eu teria de esperar até 30 de abril (detalhe: eu já to no curso desde fevereiro!). Minhas dúvidas:
    – Alguém já trocou de autoformation para standard (ou vice-versa)?
    – É possível acessar módulos anteriores ao seu (queria mto entrar no 1 e no 2 pra ler as curiosidades!)?
    Obrigada!!!

  6. Priscila disse:

    Fiz até a metade do bloco 3, mas desanimei tbm. Acho que se estivesse lá (que deveria estar dentro da previsão anterior) estaria mais empolgada. Acho que cheguei a um ponto que sem estar ouvindo frances com frequencia, o conteudo não fixa. Claro que tudo depende de como cada um aprende melhor. Alguns preferem aulas presenciais, outros se adaptam bem ao metodo on line.

  7. Brazucoise disse:

    Pois é, Thiago, até hoje Fabricio e eu não matriculamos na FEL, acredita? E confesso que depois do CSQ nosso ânimo caiu bastante. Não nos dedicamos mais com afinco à Língua Francesa por uma série de coisas (talvez injustificáveis): cansaço depois da jornada de trabalho, preguiça, deprêzinha, saco cheio de esperar… Mas não perdemos o contato com a língua, pois permanecemos com as aulas num cursinho e com uma professora particular. O único agravante é que nosso francês é da França, ou seja, vamos pastar um cadin qdo chegarmos em Ville de Québec.
    Por essas e outras, cogitamos chegar aos oito ou nove meses de Processo Federal e zarpar pra lá com visto de estudante para fazer um curso intensivo de seis meses! Cogitamos… Nada concreto, pois o que$ito grana é delicado.
    Enfim, vida que segue.
    Abraços
    Nilian

    • Fala, senhorita…olha uma tv muito legal que eh transmitida ao vivo…RDI canada
      http://www.radio-canada.ca/audio-video/
      clica na direita em “regardez RDI”. Tem muitas notícias, entrevistas…bem legal….
      e com o vídeo, eu fico menos disperso do que ouvindo rádio.
      tem tb o tête à claques que é bem québécois…e tem legendas no site…(geralmente em francês internacional)
      http://www.tetesaclaques.tv/
      boa sorte nessa espera (tou no mesmo barco) e vamo que vamo…..

      • Brazucoise disse:

        Bom dia, Andre! Tive a oportunidade de conferir a RDI e me preocupei muito…rs! Não consegui entender quase nada do que eles falam, menino! Putz! Rápido demais! Uma coisa é certa: preciso estudar mais e mais!
        Abraços e Obrigada pela dica!

        • Nada pra se preocupar…na segunda semana tudo eh bem mais tranquilo…vc vai ver….
          soh não podemos parar de estudar…acho que essa eh a diferença das melhores oportunidades na chegada….. Ou vai ter que estudar quando chegar lah.
          vamo que vamo

  8. Comecei a fazer o FEL no ano passado e terminei um bloco em uns 3 meses…depois voltei a trabalhar mais e comecei a me afastar…Pedi então pra segurarem minha “matrícula” que eu voltaria quando tivesse mais tempo… mandei um email há umas 5 semanas…sem resposta ainda..
    Mas não paramos por aqui…criei uns grupos de estudo…..com uma galera nas terças e quintas, com outros na sexta…e tou sempre vendo e revendo tudo que acho interessante…. nos grupos a gente pratica conversação e muitas outras coisas…muito legal…ateh mesmo conferência no skype já rolou… a gente tenta dar conta das gramáticas e vocabulários daquela linha Progressive….. e fazemos redações, lemos textos…e por ai vai….bem legal…quando tem mais gente envolvida….. funciona de verdade….
    Eh isso. quero voltar a fazer o FEL mas preciso que reativem os meus estudos por lah..
    baixei tb muitos filmes em frances….(tenho uns 60 aqui)….se quiser me manda um email que carrego o que vc quiser no dropbox….

    vamo nessa..tou aqui com os dedos cruzados esperando o primeiro de dezembro 2010 se pronunciar….

    vamo que vamo!! parar de estudar jamais…..

  9. Pois é, até gostava do FEL mas desisti dele depois de ter que refazer o bloco 3 (comecei no 3, voltei pro 1 e parei no 3 com o mesmo tuteur nas 2x). Desanimei um pouco com o tuteur (ainda mais que tive uma ótima tutrice no bloc 2) e pra piorar foi o mesmo no bloc 1 (muita perseguição rssss).
    Eu continuo com aulas particulares de francês 2x por semana e mesmo sabendo que não teremos reembolso vejo como um bom investimento. Sempre estamos praticando oralmente e revisando regras gramaticais.
    Sempre leio em francês e ouço podcast do QC. Tem alguns podcasts que não presto tanta atenção com exceção do Histoire d’objet que paro pra ouvir tudinho com muita atenção.
    Acho que é isso… Sei que mesmo com todo esse esforço a prova de fogo será qdo chegarmos nas terras do norte!
    Abs.,
    Neila

    • Cilei Ribeiro disse:

      Oi Neila,
      Eu não sei se fez o FEL com o mesmo professor que eu, mas eu mudei de curso com a sensação que ele me odiava(rs). Até pensava, será que é só comigo?
      Bjs,
      Cilei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s