E A PALESTRA COM A MINISTRA…

…não teve Ministra. Oui, mes amis. Por volta de 100 futuros imigrantes estiveram ontem no SENAC Consolação, em São Paulo, convidados pelo BIQ para o encontro/palestra com a presença da Ministra de Relações Internacionais, Monique Gagnon-Tremblay. Mas ela infelizmente não pôde comparecer, como anunciou logo de início M. Gilles Mascle, já velho conhecido daqueles que estão no processo de imigração nesses últimos anos, e responsável com comandar a noite. Mas a falta da Ministra teve um bom motivo: ela estava em Brasília para assinar o acordo de aposentadoria entre Brasil e Québec. Os presentes comemoraram a notícia como se fosse um gol, claro.

Bom, à partir daí o encontro se desenrolou com apresentações de “convidados surpresas”, como dizia M. Mascle, a cada um que subia ao palco. Para começar, a nova diretora do BIQ em São Paulo, Malika Dehraoui, veio dar as boas vindas à todos em francês. Aliás, foi uma noite 90% en français québécois, para alegria de uns e cara de ? de outros.

Em seguida, o diretor do CÉGEP International (desculpem, não me lembro o nome dele) falou um pouco sobre sua instituição e como ela pode ajudar os nouveaux arrivants com cursos de capacitação e como o sistema escolar no QC funciona. Nenhuma grande novidade. Na cola dele, um brasileiro, Ricardo Qualquercoisa, deu seu testemunho sobre imigração, tendo ele já passado por todo processo, estar trabalhando, blá blá blá e “vencendo na vida”. Merci!

Então, foi revelado o verdadeiro propósito daquela palestra: promover a Capitale-Nationale. Os convidados à seguir, todos, falaram sobre como existe vida além de Montréal. E pincelaram motivos e razões diversos para o novo imigrante voltar seus olhos para a cidade mais européia do Canadá. Informações muito válidas por sinal, mas nada que a maioria de nós já não saiba. Começando pela representante do Québec International, que falou das oportunidades de trabalho e negócios, passando por Mohamed Nãoseioquelá, enviado pela prefeitura de Québec para apresentar melhor a ville e seus aspectos sócio-econômicos. Para fechar a noite, após mais de 2 horas com mais do mesmo, a presença de Yves Nãomelembrodoquê, gerente de uma agência do Desjardins, fez seu papel de apresentar as facilidades de se ter uma conta em seu banco.

Com o pessoal do SENAC já varrendo todo mundo pra fora do auditório, conheci o casal de imigrantes brasileiros ali representando a Cap Idéal, empresa subvencionada pelo Governo e que presta auxílio na integração cultural e profissional do imigrante. Achei o serviço deles muito bom e se funcionar mesmo vai ajudar muito a preencher as lacunas que o processo em si não se responsabiliza para você. Vou me informar melhor sobre eles e farei um post à parte com mais detalhes e as minhas impressões sobre o programa.

E eu com a minha quina de perguntinhas capciosas para a Ministra no bolso, voltamos pra casa já tarde pra burro pra quem é um pai de família. E com uma certeza: eu sou péssimo pra guardar o nome dessa gente toda. Mas a noite não foi de toda perdida já que conheci pessoas bacanas e trocamos informações e experiências interessantes.

Anúncios
Esse post foi publicado em cidadania, français-québecois, palestra, utilidades. Bookmark o link permanente.

11 respostas para E A PALESTRA COM A MINISTRA…

  1. Les Lapins disse:

    Ô loco, vc é policial brazuca moço? rsrs…Sabe a piadinha do macaco que confessa que é o coelhinho da páscoa? Sei nao, ta pareecendo que a mulher ficou com tanto medo de responder suas perguntas que saiu assinando tudo!! hahahha
    “Tá bom, tá bom, eu assino, mas nao me poe para responder isso pelamordedeuzzzzzzzzzzzzzzz!” hahaha…
    Afff, Aqui no chez nous teve até häagen (s) por conta da digital do polegar da ministra, rapaz…
    Abraços
    Erika

  2. Julia disse:

    Oi Thiago! Eu e o Flavio estávamos lá também. Fiz algumas anotações pensando em um posto no blog sobre a palestra, mas o seu ficou bem completo e resume bem o que foi dito por lá.

    Só uma dúvida: quais eram as perguntas que você queria fazer para a ministra? Fiquei curiosa… 🙂

    • thiagoocampo disse:

      Oi, Júlia! Poxa, q droga! Perdemos uma chance de nos conhecermos… fica pra próxima!
      Sobre as perguntas, eu tinha pensado em perguntar, por exemplo, se o imigrante é tão importante assim pro QC pq aqueles q dependem de ordem pra entrar no mercado precisam de tanta burocracia pra começar a trabalhar. queria saber dela se o Governo não pode começar a intervir pra facilitar a entrada dessas pessoas q, por exemplo, podem ajudar a resolver os problemas de saúde do QC. eu ia perguntar tbm sobre discriminação, problemas sociais decorrentes daqueles imigrantes q não se integram no QC, saúde e garderie… pena q ela não estava lá…
      Abraço

  3. Pingback: A palestra | Lu e Fe no Canadá

  4. Noh, pensei que essa palestra seria mais interessante… Mas e sobre a demora do federal, teve algum comentário?
    Beijos,
    Lídia.

    • thiagoocampo disse:

      Lídia, sobre o Federal o Gilles disse para sermos pacientes e blá blá blá… que as pessoas no Consulado são preparadas e de mtya confiança e blá blá blá… que em breve a situação será normalizada e blá blá blá… ou seja, nada de novo no front!
      Abraço

  5. eu gsotei! Pelo os olhos do Thiago, evidentemene, pois não fui chamado. Fiquei chateado, sou meio carente. Vote!

  6. Fabi e Le + 2 disse:

    Valeu Thiago,
    Foi um prazer conhecer vc e esperamos continuar mantendo contato!
    Agora, apesar de boa parte da palestra ter sido uma propaganda sobre a capital acho que mesmo assim foi super valido para nos, principalmente pensando no ponto de que hoje somos uma familia com criancas pequenas e temos que considerar muitissimo este fator na escolha da cidade destino neh, e mais ainda depois da palestra vejo como realmente eh interessante Quebec para nos, temos muito no que pensar …
    Abs
    Fabiana & Leandro

  7. Boa Thiago, valeu pelo post com o que rolou na palestra!
    Me sinto mais aliviada por nao ter ido pq parece que a galera meio que choveu no molhado. Só sinto por não ter tido a oportunidade e encontrar futuros vizinhos e tb por ter perdido a palestra em francês… mas vou dar uma olhada em todos os links que vc postou!!!
    Mas o que me animou msm foi a assinatura do acordo previdenciário! Super!!!

    Abs, Camila

  8. Parece que foi bem legal a palestra!
    Abs.,
    Neila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s