MINHA OPINIÃO SOBRE A FEL – BLOC 1

Iniciamos na Francisation En Ligne em Abril passado, quatro meses após nossa entrevista no BIQ. Como ocorre com 99% das pessoas, ao cadastrar-nos o pedido nos foi negado e tivemos que enviar cópia dos CSQs para que eles liberassem nosso acesso à plataforma de estudos. O pessoal lá parece meio perdido, mas até que a correção veio rápido.

Fiz o teste e peguei o final da fila: Bloc 1. A Lizie, mais estudiosa e paciente, se deu bem e começou pelo Bloc 3. Na verdade, eu achei até bom começar do começo. O que eu queria mesmo era sentar no fundão avaliar como a coisa toda funcionava, tim tim por tim tim, tipo test-drive. O lado ruim era ter que rever todas as lições chatinhas do básico. Allons-y!

Fucei toda a plataforma de estudos e achei bem funcional o modo como as aulas são aplicadas, esquema “do it yourself”. Está tudo lá, basta você se coçar, estudar e vai aprender! Mas como já deixei claro, sou meio preguiçoso. De fato eu gosto muito de fazer as aulas, bem mais do que a Lizie, diga-se de passagem. Mas ela é muito mais dedicada e profissional: quando faz uma aula ela vai fundo. Eu, ao contrário, tratei esse Bloc 1 como um joguinho eletrônico, só passando de fase, enquanto observava satisfeito como o conteúdo é bacana. Errado, Monsieur!

Tarde demais. Quando me dei conta já estava no molude 4 sem ter aproveitado tanto. OK, assumo 50% da culpa. Mas repasso os outros 50%, se me permitem: um pouco pela falta de desafio que as lições oferecem, um pouco porque as classes virtuelles são bem menos animadas e proveitosas do que eu imaginava e outro pouco devido à gravidez e depois o nascimento da herdeira, que tomou boa parte do nosso tempo, paciência e dedicação.

Além disso, sempre achei minha tutrice muito boazinha demais. Apesar dos (muitos!) erros ela sempre me dando A. Achei que estava ganho. Então, a porção Rock Balboa em mim foi afrouxando… até o nocaute no último assalto. Mas como a Lizie (que também já foi professora) lembrou bem, é uma forma de me motivar. OK, valeu prof! Mas espero que ela puxe mais rédeas no próximo bloco, para meu bem.

Se bem que fui um bom menino. Não fiquei só nessas aulas. Eu li muita coisa em francês e adquiri algum vocabulário. Procurei escutar bem o francês québecois para treinar os ouvidos. Advogando à meu favor, acho que ainda mereço aquele presente do Père Noël no final do ano!

Concluindo, à mon vis a FEL, assim como qualquer outro curso de idiomas depende muito do aluno. O sistema tem lá suas falhas, poderia ser mais “puxado” e haver mais aulas virtuais, mas mal não faz. O segredo é dedicação. Prometo voltar aqui ao término do Bloc 2 com notícias bem mais positivas. Vai estudar, menino!

Anúncios
Esse post foi publicado em éducation, balanço, français-québecois, francisation, histórico. Bookmark o link permanente.

8 respostas para MINHA OPINIÃO SOBRE A FEL – BLOC 1

  1. Pingback: NOSSA SAGA PARA A FRANCISATION (COM FINAL FELIZ) | Penso, Logo Imigro

  2. Pingback: MINHA OPINIÃO SOBRE A FEL – BLOC 2 | Penso, Logo Imigro

  3. Peloamordedeus… Já tem mais de um mês que estamos tentando nos inscrever no curso, mas nossa entrada é barrada, porque teoricamente não possuímos o CSQ. Há um mês, após enviar alguns emails e cópias do CSQ, responderam para que tentássemos de novo dentro de algumas semanas. Esta semana, ao tentarmos de novo, acesso negado! Pior… quando escrevi para eles novamente, começou a mesma conversa do mês passado… Haja paciência! Prontodesabafei… 😛

    • thiagoocampo disse:

      Nossa… caso como o de vcs é raro. Nem sei como aconselhar. Acho q o melhor q tens à fazer é continuar buscando contato com eles e esclarecer a situação. O qto antes vcs iniciarem as aulas, melhor.
      Boa sorte!

  4. Mamãe ZO disse:

    Thiago, outro aspecto muito bacana da FEL é o aspecto cultural da coisa. a gramática vai meio que disfarçada no meio de um monte de conteudo de cultura e civilização quebéca. Claro, não há que se esperar um banho de cultura, mas acho que pra quem pretende se instalar no Québec, as noções de como a sociedade funciona podem ser bem úteis sim! Também estou no bloco 3 como a Lizie e também tenho aproveitado menos do que poderia e deveria, mas acho que o saldo é positivo e eu encorajaria todo mundo a se inscrever!
    Um abraço e parabéns aos dois!
    Bon courage!
    Mamãe ZO

    • thiagoocampo disse:

      Sem dúvida a parte cultural é o q mais se aproveita. Esqueci de comentar isso, né? Acho q se os tutores fossem mais humanizados tbm daria um bom caldo. Sinto, pelo menos com a minha, q é esquema robozinho. Deve ser coisa de canadense… essa frieza pra eles é comum.

  5. Nossa, até hoje não tivemos paciência para fazer a inscrição nessa FEL… Eu porque já tenho aulas na Aliança Francesa, o Rafael por pura preguiça mesmo. Talvez ano que vem a gente anime!
    Abraços,
    Lídia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s