EN SOLO, EN COUPLE, ENTRE AMIS, EN FAMILLE…

Em meio à fraldas sujas, cólicas, chorinhos e mais fraldas sujas, seguimos com o nosso amado blog do jeito que dá.

Pois é, pessoal! Laís chegou pra colocar nossa vida nada simples ainda mais de pernas pro ar. E quer saber? Estamos adorando! Cada sorriso daquela boca gengivuda comprensa qualquer duas/três horas de sono à menos. Voilà le bébé!

Mas é engraçado que nessa correria toda o que saltou à minha vista no pouco tempo que tive nas últimas semanas para pesquisar algo interessante sobre QC foi justamente o tema Turismo. Porque será, né? Férias? Alguém? Hein?

Na verdade eu já conhecia o ótimo Tourisme Montréal, que é o site do órgão do Governo local que cuida da promoção do turismo na tal cidade. Ótimo site por sinal. Dessa vez descobri o canal deles no YouTube, e me deparei com uma série de pequenos videos onde o lance é mostrar/contar curiosidades e destaques dos 4 quartier les plus attractifs, ou seja, Centre-Ville, Vieux-Montréal, Plateau-Montréal e Hochelaga-Maisonneuve. Um prato cheio para um rápido teletransporte de alguém que sonha acordado nessa loucura que virou a vida dos novos papi e mami. Não sosseguei enquanto não assisti todos!

São dicas para passeios en solo, en couple, entre amis ou en famille, muito resumidos mas muito simples e objetivos também. Perfeitos pr’aquela viajadinha na maionese. No “todo” chamado Imigração, acho que o fator Turismo não pode pesar demais, já que a gente não vai pra lá só à passeio, mas também à passeio, então… é importante ao menos saber o que nos espera nas horas de folga.

Deixo abaixo um melzinho pra adoçar a boca do leitor amigo. Voltamos sempre e assim que nossa pequena princesa deixar, combinado?

Anúncios
Esse post foi publicado em dicas, Laïs, lazer, turismo. Bookmark o link permanente.

5 respostas para EN SOLO, EN COUPLE, ENTRE AMIS, EN FAMILLE…

  1. Ah, parabéns pela bebezinha! Achei tão fofo as dicas aí de cima! =D
    Abraços,
    Lídia.

  2. Luciana disse:

    Que bonitinho um papai dando dicas tão legais pro outro (tá tudo muito bem explicadinho viu Fábio, parabéns!), fico encantada com esse mundo dos Blogs, cada dia gosto mais… cada dia conheço (virtualmente é claro) uma pessoa legal, e aprendo muito!
    Um grande abraço,
    ah, hoje tô muito feliz! nossa sobrinha Clara nasceu às 9:20 hs. só vi por foto, mas posso garantir que é linda demais!

  3. Ótimo! Tenho uma dica muito boa para sua filha dormir toda à noite. Permita-me, porque minha experiência de pai foi maravilhosa. Olha que eu não sou de acreditar em qualquer coisa, mas uma enfermeira me ensinou e eu adorei: Voíla!
    Crie uma rotina: O bebé não tem muita força para sugar o peito da mãe, sobretudo quando está cansadinho (a). Dê o peito ou a mamadeira assim que ela acordar. Estará disposta e comerá bem. Em seguida, ela voltará a dormir em período maior até o amanhecer em poucos dias. Entre três dias e cinco ela passará a noite inteira dormindo, pois estando de barriguinha cheia não acordará. Ah, sei, vai dizer, mas ela acorda porque sente cólicas. Isso mesmo! Agora vem o mais importante e que deve ser feito antes dela amamentar, assim que ela acordar: Esta é função do papi: Coloque-a sobre uma superfície firme e aconchegante (tábua do trocador, geralmente, é o ideal) ou sobre o colchão (mas atenção tem que ser firme) pegue suas perninhas e faça movimentos circulares. (o mesmo movimento quando alguém está nadando) os joelhinhos devem tocar as laterais da barriga, logo abaixo do tórax. Este movimento ajudará no relaxamento do bebé e no fluxo de gases. Em seguida, (hora de rir em família) estique as perninhas dela, depois repita por cinco vezes, se necessário, o seguinte movimento: Dobre os joelhinhos dela e curvando sua coluna, encoste-os na altura do estomago, pressionando levemente ( três vezes em cada movimento) até ela prender a respiração ou soltar gemidinhos.
    Dobre-os leve-os ao estomago e conte UM, DOIS TRÊS! Apertando. Este é o limite (é como se ela estivesse dizendo “papi, chega”). Estique, dobre e pressione, estique dobre e pressione. Cinco vezes é o suficiente. O que acontecerá? Ela soltará os gases gerados pela fermentação do leite enquanto dorme. Isto é a causa das cólicas. Agora sim, relaxada e com a barriga vazia, ela sugará mais leite e saciará sua fome. Em seguida brincará e dormirá.
    Atenção:
    a) Respeito o período de rotina da criança. Observe e estabeleça um ciclo temporal. Ou seja, dando o leite, quanto tempo ela consegue ficar acordada? Geralmente meia hora, depende do metabolismo da criança. O importante é seguir o ciclo respeitando o sono da criança durante o dia que a noite ela respeitará o seu.
    b) Ao pressionar os joelhos sobre o estomago, segure com carinho suas costinhas. Você saberá fazer isso!
    c) Não tenha medo! O limite é o gemidinho.

  4. Muito bom! Será que dá pra mudar amanhã?!
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s