MAIS DO MESMO E HARPER SEGUE NO PODER

Então, foi assim… Na semana passada, enquanto eu caía doente, os Conservadores deram a Stephen Harper mais 4 anos de poder no Canadá. E numa vitória bem expressiva nessas Eleições Federais, onde o povo canadense elegeu 167 parlamentares do time dele, garantindo assim um Governo majoritário após sete anos de sucessivos gabinetes de minoria.

Tudo começou em Março passado quando os três líderes de oposição vetaram o orçamento 2011/2012, derrubando o Governo Harper e abrindo novas eleições. Em outras palavras, querendo tomar o poder para eles. Mas ao que tudo indica, Stephen Harper e a ala conservadora ainda detém grande força política e popular, pois o tiro saiu pela culatra. Harper voltou fortalecido e os oposicionistas com seus respectivos rabinhos entre as pernas.

Segundo essa cara aí, ele vai governar para TODOS. Conheço esse discurso.

Os Conservadores golearam seus adversários históricos: os Liberais e o Bloc Québecois. Só o partido separatista do Québec perdeu 45 cadeiras no Parlamento e vai praticamente evaporar nas decisões políticas nos próximos anos, já que terá apenas 3 representantes. Seu líder, Gilles Duceppe, inclusive pediu demissão após tamanha derrota. O BQ pode até perder seu status de “partido” com esse novo cenário político, o que significa que a ideia de um eventual Estado independente do Québec deu com os burros n’água definitivamente. Vale ressaltar que essa situação se deve graças aos votos dos próprios eleitores québecois que desta vez optaram pelos parlamentares federalistas do NPD, em substituição aos velhos congressistas do BQ. Baita ducha de água fria!

Do lado dos Liberais a coisa não foi muito melhor. Eles vinham com certa moral, “o partido das mudanças sociais”, do multiculturalismo, etecetera e tal. Hoje dormem com metade das cadeiras que tinham no Parlamento. Fail!

Sendo assim, Gilles Duceppe (Bloc Québecois) e Michael Ignatieff (Liberais), os homens que estavam pra puxar o tapete de M. Harper, perderam a vaguinha no Congresso, e agora pegaram seus banquinhos e saíram de mansinho. Os Convervadores devem estar rachando de rir até agora. De fato a oposição escolheu mal a hora da “vingança”, mas política é isso aí.

O novo líder oposicionista agora será Jack Layton, do NPD, partido que conquistou 103 cadeiras, com propostas assistencialistas, voltadas para os idosos e desempregados, e propondo um aumento dos gastos do Estado em saúde e educação. Interessante.

Hum… er… o que falta dizer? Ah, sim! O Partido Verde elegeu seu primeiro parlamentar na história. Bons ventos o levem!

Enfim, eu estive lendo muito essas semanas sobre a eleição até pra entender como ela funciona já que o sistema é totalmente diferente do BR. Não sei se é melhor ou pior, a não ser pela não-obrigatoriedade de voto que existe lá. Isso eu acho fundamental para um processo eleitoral honesto e realista. O que fica claro é que o povo curte mesmo o Harper, ou seu estilo. Isso também pode não querer dizer nada na prática, já que o PT, por exemplo, ganhou a continuidade no BR, enfim… é difícil fazer comparações ou análises não vivendo ainda a realidade política e social do Canadá. O que, à grosso modo, a gente vê é que os interesses particulares do QC tem muito à perder com essas baixas do BQ e que as evoluções propostas pelos Liberais terão freio, enquanto uma conduta mais restrita e engessada da situação seguem por mais tempo, agora sem grandes obstáculos. Mas, repito, essa é uma visão muito crua que posso fazer daqui. Minha luzinha amarela continua acessa.

Por isso quero abrir espaço aos leitores brasileiros que já vivem là bas para darem seu parecer ou esclarecer melhor certos aspectos que possam ser importantes nessa história toda de eleição. Quem se habilita?

Anúncios
Esse post foi publicado em eleição, política. Bookmark o link permanente.

7 respostas para MAIS DO MESMO E HARPER SEGUE NO PODER

  1. Adriana disse:

    Oi Thiago, parabéns pelo blog, está super bacana, valeu pelo convite pra visitá-lo.
    Então, falar de política e hockey é a paixão desse povo, mesmo quando não é época de eleição. Pasme, eles se arriscam até a falar da política cotidiano do Brasil. Muito antenados aqui. Eu não sou muito chegada mas aprendi a estar por dentro. Na faculdade o sprofessores detestam o Harper e quando tem a oportunidade de falar mal, não dispensam. Na tv também as criticas são escancaradas. Me deixou confusa como ele se reelegeu então? Com certeza não foi com os votos do Quebec, mas pras outras provincias não separatistas ele tem uma aprovação razoavel, taí o resultado. Agora o partido dele tá com a pulga atrás da orelha porque não foram unanimidade e na proxima eleição eles vão ter que trabalhar muito. Abraço!

  2. Caro Thiago, vi seu cometário em meu Aurevoir Bresil http://oultimoquesairfecheaporta.blogspot.com/, fiquei muito horrando. Até agora nunca encontrei niguém que estivesse afim de discutir política, nos blogs de imigrantes! Finalmente, alguém! Muito bom! Já tenho um amigo em Montreal que me convidou para uma pedaladas pela cidade e, espero que me convidem para liberar a mente em questões polítcas! Forte Abraço,
    Fabio Kaczmarski de Freitas

    • thiagoocampo disse:

      Fábio,
      Discutir política é essencial… seja aqui, lá… onde for. É o nosso interesse, nosso futuro… Realmente, tem horas q o assunto fica chato. Mas é importantíssimo, no mínimo, não ser um completo “avoado” sobre política. Vamos marcar então umas pedaladas-sócio-políticas em breve, OK?!
      Abraço!

  3. Olá!

    Muito BOM seu post, adorei!
    Nós aqui também ficamos tentando entender a politica, mas não tivemos paciência para escrever sobre… Hehehe… Como as coisas por lá são bem diferentes daqui, fica tudo meio emboladinho na nossa cabeça.
    Se os que já estão por lá resolverem aceitar o seu convite e deixar comentários complementando, vai ser muito massa!

    Abraços,
    Lídia.

    • thiagoocampo disse:

      Lídia, obrigado! Agradecemos a preferência, solte sempre! ahahahah…
      Política não é uma coisa mto “gostosa” de falar. Até entendo q mtos não comente o assunto por isso. Se nem no BR a gente fala mto desse tema, q dirá saber de política lá fora, com um processo tão “diferente”. Mas eu remo contra a maré. Sempre tentei ficar por dentro do assunto aqui e já estou começando a botar as asinhas de fora sobre o assunto em relação ao Canadá. Pena não viver o cotidiano de lá pra ter mais base pra argumentar. Mas um dia chegamos lá! Pena q nenhum brazuca veio ainda dar pitaco por aqui. Seria massa mesmo!
      Abraço!

      • O ruim desse “se nem no Brasil” é que muita gente se muda pro país alheio sem saber nadica de nada. Nem sobre política, nem sobre cultura e costumes. Eu acho isso horrível! Já vi gente escrevendo que “não sabe por que os québecois tem birra com a língua inglesa”. Por que será né? 😉

        Penso que já que estamos nos mudando “pra casa dos outros” temos que nos atualizar e ir sabendo direitinho como é que a banda toca em terras geladas! Rsrsrs… Ainda bem que aqui em casa a gente adora saber sobre cultura, política e afins!

        Abraços,
        Lídia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s